Programa de Cotas

O programa de cotas étnico-raciais e sociais segue o disposto na Deliberação (UNICAMP) CONSU-A-21, de 02 de junho de 2020.

O sistema de classificação contemplará a ampla concorrência e percentuais mínimos para:

  • cotas étnico-raciais voltadas a estudantes autodeclarados pretos, pardos ou indígenas, oriundos de escolas públicas.
  • cotas sociais voltadas a estudantes que cursaram o Ensino Fundamental ll (do 6º ao 9º ano – antiga 5ª a 8ª série) integralmente na escola pública.

Os candidatos autodeclarados pretos, pardos ou indígenas que não cursaram o Ensino Fundamental II integralmente em escola pública poderão concorrer às vagas remanescentes das cotas étnico-raciais, desde que optem pelo programa.

As escolas do Sistema S (Sesi, Senai, Sesc, Senac), Instituto Ayrton Senna, Fundação Romi, Fundação Bradesco, entre outras, não pertencem à Rede Pública de Ensino. Portanto, candidatos que tenham cursado o Ensino Fundamental II nessas instituições não têm direito às vagas reservadas para o programa de cotas étnico-raciais e sociais, disposto na Deliberação (UNICAMP) CONSU-A-21, de 02 de junho de 2020.

Para maiores sobre a distribuição das vagas previstas no Processo Seletivo Público COTIL 2022 consulte o Edital (item 10).

Consulte o Anexo VIII que apresenta as orientações e protocolos para participação no Processo de Averiguação Étnico-Racial para candidatos Autodeclarados Pretos ou Pardos.