COTIL sediou capacitação do PCJ sobre piscinão e bacia de retenção

Referência e pioneirismo tornam Limeira exemplo para outras cidades

O COTIL sediou no dia último dia 22/08 o Curso de Capacitação sobre Ações de Contingenciamento para Eventos Extremos – Cases dos Piscinões Ecológicos e Bacias de Retenção – promovido pelo Consórcio Intermunicipal das Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí (PCJ).
Mais de 90 pessoas ligadas a órgãos como Defesa Civil, Cetesb, DAEE e outros departamentos técnicos de cidades da região conheceram experiências de sucesso em Limeira, desenvolvidas em parceria entre o COTIL e a Prefeitura. “É muito importante para o COTIL ajudar a multiplicar essas medidas que tornam Limeira referência em soluções para problemas de drenagem e gestão de recursos hídricos”, declarou o Diretor Geral José Roberto Ribeiro.

Francisco Carlos Castro Lahóz, Secretário Executivo do Consórcio PCJ, também destacou a necessidade de disseminar soluções criativas que há décadas foram pensadas e desenvolvidas em Limeira, vislumbrando demandas reais de saneamento e gestão de recursos hídricos a um custo mais baixo se comparado a valores de grandes obras. “Talvez a população de Limeira não tenha a dimensão de todos os impactos positivos destas soluções estratégicas porque a cidade não sofre com grandes inundações e também porque sobreviveu à crise hídrica de 2014. Mas esses resultados são justamente reflexos das medidas pensadas há muito tempo pela UNICAMP, Prefeitura de Limeira, AEAL e pela comunidade”, ressalta.

O engenheiro Carlos Leite, professor do COTIL, explicou as estratégias adotadas para coibir inundações e resolver problemas de drenagem sem o direcionamento da água para os rios, que também já não suportariam as quantidades previstas no intervalo de tempo calculado.

Além de evitar os alagamentos, os piscinões ecológicos ajudam a manter a água no lençol freático. Por isso, devem ser feitos preferencialmente em áreas não impermeabilizadas, que permitam a infiltração da água no solo.

A pesquisadora Ana Ávila, do Centro de Pesquisas Meteorológicas e Climáticas Aplicadas à Agricultura (Cepagri), representou a reitoria da UNICAMP no evento. Ela destacou a importância da troca de informações em busca de soluções ambientais pensadas de maneira conjunta e a contribuição do conhecimento da Universidade para a comunidade. O Secretário de Obras e Serviços Públicos de Limeira, Dagoberto Guidi, representou o prefeito Mário Botion e falou da importância da atuação técnica na estrutura pública.