1. Quero iniciar o estágio. O que devo fazer?
Para se iniciar o estágio, são necessários os seguintes documentos:

• 3 (três) vias do Termo de Compromisso de Estágio;
• 3 (três) vias do Plano de Atividades de Estágio;
• 2 (duas) vias do Termo de Convênio de Concessão.

2. Posso iniciar o estágio sem a documentação assinada?
Não. Somente poderá iniciar o estágio após a aprovação e assinatura da documentação de estágio.

3. Quando posso fazer estágio?
O estágio pode iniciar-se na 1ª série do curso técnico para os alunos do Curso Técnico Noturno, e para alunos dos cursos técnicos concomitantes com o Ensino Médio, poderá iniciar-se na 2ª série. O estágio não pode ser concluído antes do término do curso.

4. Posso fazer estágio em outra área que não seja do curso que estou realizando?
Não. As atividades de estágio devem estar diretamente ligadas ao perfil do curso. Por isso, antes de iniciar o estágio, a empresa deve apresentar o Plano de Atividades de Estágio (ver item 1).

5. O Termo de Compromisso e Plano de Estágio deverão estar assinados antes do início do estágio?
Sim. O Termo de Compromisso (3 vias) e o Plano de Estágio (3 vias) deverão estar preenchidos, assinados e carimbados com o nome e o cargo da pessoa responsável, e entregues no COTIL seção de Estágios, para as devidas providências.

6. Quantas horas de estágio posso fazer por semana?
São, no máximo, 30 horas de estágio semanais e, no máximo, 6 horas diárias. O horário de estágio não poderá coincidir com o horário das aulas em que o aluno estiver matriculado.

7. Posso fazer estágio no período noturno?
Sim, desde que não seja no horário em que estiver matriculado.

8. Qual a carga horária mínima para o estágio curricular obrigatório?
A carga horária do estágio obrigatório é definida no Plano de cada curso:

Edificações: 720 horas
Geodésia e Cartografia: 720 horas
Informática: 600 horas
Mecânica: 720 horas
Qualidade e Produtividade: 400 horas

9. Quanto tempo poderei ficar estagiando em uma mesma Unidade Concedente?
Conforme a legislação vigente, o período máximo é de 24 meses em uma mesma Unidade Concedente de estágio.

10. Devo estar assegurado contra acidentes pessoais durante o estágio?
Sim, o Seguro contra Acidentes Pessoais é obrigatório por lei e deve estar mencionado no Termo de Compromisso.

11. Quanto tempo é necessário para a aprovação do Termo de Compromisso e Plano de Estágio?
Aproximadamente 5 dias após a entrega da documentação na Seção de Estágio do COTIL.

12. Quem é a pessoa que assina o Termo de Compromisso e o Convênio na Unidade Concedente?
O Representante Legal da Empresa ou profissional designado pela Unidade Concedente deve assinar estes documentos.

13. Quem assina o Plano de Estágio na Unidade Concedente?
O Supervisor de Estágio indicado no Termo de Compromisso e no Plano de Estágio.

14. Quem assina os Termos de Convênio e o Termo de Compromisso na instituição?
O Diretor Geral e a Diretora Acadêmica assinam o Convênio e o Termo, após a aprovação do Professor Responsável pelas Atividades de Estágio.

15. Quem assina o Plano de Estágio na instituição?
O Professor Responsável pelas Atividades de Estágio.

16. Posso prorrogar meu estágio?
Sim. O aluno deverá solicitar na empresa o Termo Aditivo de Prorrogação, informando a carga horária, juntamente com as novas atividades a serem desenvolvidas.

17. Com quem devo conversar quando tiver dúvidas em relação às atividades de estágio?
Na empresa, o estagiário deverá estar sempre em contato com o seu Supervisor, para receber orientação quanto às dúvidas pertinentes as atividades de estágio. E no Colégio, deve manter contato com o seu orientador. Em caso de dificuldade de contato com o orientador, procure a Seção de Estágio.

18. O que devo fazer para rescindir o meu Termo de Compromisso de Estágio?
O aluno deverá encaminhar-se ao RH da empresa, com no mínimo 5 (cinco) dias de antecedência e solicitar a rescisão. A Empresa emitirá o Termo de Rescisão em três vias, o qual deverá ser assinado pela empresa, pelo aluno e encaminhado à Seção de Estágio do COTIL.

19. O que devo fazer ao término do estágio obrigatório?
O aluno deverá entregar na seção de estágio do COTIL o Relatório Final de Estágio, com as assinaturas do aluno e do supervisor da unidade concedente de estágio.

20. Se realizar estágio antes do período definido no Plano do Curso, este poderá ser aceito como estágio obrigatório?
Não. O estágio realizado antes do período determinado no Plano do Curso, NÃO poderá ser considerado como estágio curricular obrigatório.

21. Posso fazer estágio nas dependências (laboratório, sala, setor administrativo) da Universidade que estou estudando?
Sim. Poderá fazer estágio em outros Campus desde que a Universidade emita todos os documentos necessários.

22. A Iniciação Científica poderá ser considerada como Estágio?
Não. No COTIL, o plano de cada curso não prevê.

23. Já realizei meu estágio curricular obrigatório e desejo fazer outro. É necessário providenciar toda a documentação novamente?
Sim. O estagiário deverá providenciar toda documentação necessária para o novo estágio.

24. Quando o aluno terminar todas as atividades obrigatórias do curso (disciplinas, atividades complementares, etc…) ele poderá continuar fazendo estágio?
Não. Após a conclusão das atividades obrigatórias, o aluno não poderá estar em estágio obrigatório, pois já é considerado aluno formado.

25. Qual a Legislação que rege o estágio?
O estágio é regido pela Lei 11.788/08, de 25 de setembro de 2008, que dispõe sobre estágios de estudantes;
– Regulamento dos Estágios dos Cursos de Educação Profissional Técnica de Nível Médio e do Ensino Superior.

26 Em termos de benefícios trabalhistas, o estagiário pode receber o mesmo tratamento dado ao funcionário?
O estagiário não tem direito aos benefícios assegurados aos demais empregados, tais como vale-alimentação, assistência médica, etc. Caso a empresa queira oferecê-los aos seus estagiários, isso não criará vínculo empregatício. No entanto, de acordo com a legislação atual, os estagiários têm direito ao auxílio-transporte, recesso remunerado proporcional e bolsa-auxílio (para os estágios não-obrigatórios).

27. É obrigatório o registro do estágio na carteira profissional do estudante (CTPS)?
A Lei n.º 11.788, de 25 de setembro de 2008, não trata da anotação do estágio na respectiva Carteira de Trabalho e Previdência Social – CTPS. O Ministério do Trabalho, inclusive, já se manifestou sobre o assunto, enfatizando que não é necessária a anotação do estágio na CTPS do estudante. Caso a empresa decida registrar, nada deve ser anotado na folha referente a Contrato de Trabalho, podendo constar, na parte de Anotações Gerais, os seguintes dados:

– curso frequentado pelo estudante;
– nome da escola em que está matriculado;
– nome da empresa concedente;
– as datas de início e término de estágio, com as respectivas assinaturas.

28. Posso fazer estágio em qualquer empresa?
Sempre que possível, dar preferência para estágio em firmas de porte, pois terá oportunidade de maior contato com novas tecnologias e diversidade de áreas técnicas. Conforme a Lei 11.788, Art. 9º, “…profissionais liberais de nível superior, devidamente registrados em seus respectivos conselhos de fiscalização profissional, podem oferecer estágio”.

29. Até quando posso entregar o relatório final?
O relatório final deverá ser apresentado de 01 fevereiro até 30 de outubro, no SOE para que haja tempo hábil para os coordenadores dos cursos avaliarem até o final do ano.

30. Se já trabalho na área ou completei minha carga horária de estágio obrigatório no ano em que estou me formando, quando posso entregar o relatório final de estágio?
Você poderá entregar seu relatório final após concluídos os dias letivos do ano em que você está se formando. A data tem que ser posterior à conclusão dos dias letivos.

31. Menor aprendiz equivale a aluno estagiário?
Não; os programas e exigências são diferentes.

32. Posso aproveitar o tempo que atuei como menor aprendiz para descontar a carga horária de estágio?
Não; a formação de técnico tem exigência diferente, que deve ser posterior ou concomitante ao curso técnico, complemento a seu conteúdo.

33. O COTIL oferece o programa Jovem Aprendiz?
Não. O COTIL oferece cursos técnicos, os quais preveem uma carga de estágio a ser cumprida.