Após 3 anos, COTIL ARTE volta a acontecer!

O Colégio Técnico de Limeira (Cotil/Unicamp) promoveu no último dia 09 no Teatro Vitória a cerimônia de apresentação e premiação do 21º Cotil Arte. Com o tema “Democracia: realidade, utopia ou distopia”, o projeto estimulou a reflexão, o senso crítico, a criatividade e reconheceu o talento dos alunos em sete modalidades.

Idealizado por uma estudante em 1995, o Cotil Arte é promovido pelo Departamento de Humanas, sob coordenação da professora Flaviana Fagotti Bonifácio. “Depois de três anos de pausa, o projeto foi retomado e resultou em trabalhos lúcidos, críticos e lindos. Como a nova direção resgatou a tradição deste evento, manteremos sua periodicidade e nos próximos anos colheremos ainda mais frutos”, afirmou. O diretor do Cotil, José Roberto Ribeiro, enfatizou que a arte é uma maneira de acompanhar o desenvolvimento humano. “Não queremos apenas formar profissionais para a sociedade. Queremos estimular o desenvolvimento completo dos seres humanos”, completou.

O pró-reitor de extensão e cultura da Unicamp, professor doutor Fernando Hashimoto, elogiou o empenho da direção, dos professores, funcionários e alunos do Cotil, ampliando as possibilidades de aprendizado e vivências no ambiente acadêmico. “A arte dá vazão às minorias, possibilita que os alunos se expressem melhor, ouçam melhor e sejam cidadãos melhores”. Destacou também a importância do tema no momento pelo qual o país passa, com “ataques à democracia e retrocessos na educação”.

O Cotil Arte está inserido no calendário oficial do município por iniciativa do então vereador José Farid Zaine, secretário municipal de Cultura. Além de integrar a comissão julgadora dos trabalhos, Farid prestigiou a cerimônia e foi homenageado pela direção. “Os alunos têm talento para participar de festivais de música e de teatro da nossa cidade também”, declarou. A diretora executiva de Ensino Pré-Universitário, Teresa Celina Meloni Rosa, elogiou a importância do projeto para a cultura da cidade.

Gisele Araújo, aluna de Informática vencedora da categoria composição musical, com a canção “Revolução”, impressionou o público que lotou o teatro. Sua abordagem sobre desigualdade provocou aplausos e reflexão de todos os presentes. “Amo política e amo arte. Por isso, sinto tanta gratidão por todos os envolvidos neste projeto”, declarou. Os trabalhos classificados no Cotil Arte 2019, que não envolveram apresentação de palco, ficaram expostos para o público também no saguão do colégio.

Foram sete categorias:

  • Fotografia: “Respeito à diversidade e inclusão”
  • Esquete: “Paz, justiça e instituições eficazes”
  • Desenho: “Educação para o pensamento”
  • Composição musical: “Redução das desigualdades”
  • Vídeo: “Trabalho decente e crescimento econômico”
  • Performance Músico-Corporal: “Saúde e bem estar”
  • Suporte: “Consumo responsável e produção sustentável”

Confira a seguir as fotos do evento:

Convite: 21º COTIL Arte – 09 de Maio de 2019

Idealizado por uma aluna, em 1995, o COTIL ARTE é um evento artístico, promovido pelo Departamento de Humanas, com o intuito de promover o talento, a criatividade e a criticidade de nossos alunos.

Por iniciativa do então vereador professor José Farid Zaine tornou-se evento oficial do calendário artístico do município e tem contado sempre com o apoio da Secretaria da Cultura e de patrocinadores diversos.

Em sua XXI edição, tem como tema a “Democracia: realidade, utopia ou distopia” e propõe sete categorias:

Fotografia: “Respeito à diversidade e inclusão”;
Esquete: “Paz, justiça e instituições eficazes”
Desenho: “Educação para o pensamento”
Composição musical: “Redução das desigualdades”
Vídeo: “Trabalho decente e crescimento econômico”
Performance Músico-Corporal: “Saúde e bem estar”
Suporte: “Consumo responsável e produção sustentável”

A exposição dos trabalhos classificados acontece no saguão do COTIL até o dia 9/5 e o espetáculo final, que contará também com a premiação, dar-se-á no dia 09 de maio, às 19h, no Teatro Vitória.

Ingressos à venda no Colégio, a preço único: R$ 10,00

 

Apoio Cultural:

Dia Mundial de Conscientização do Autismo

O dia 2 de Abril foi escolhido pela ONU em 2007 para comemorar o Dia Mundial da Conscientização do Autismo. Essa mobilização mundial visa a conscientização, a sensibilização e a aceitação do autismo que afeta cerca de 2 milhões de pessoas no Brasil. Para tanto, os alunos e as professoras do curso técnico em enfermagem desenvolveram um projeto para levar informação acerca do tema à toda comunidade acadêmica e também para combater preconceito e o bullying e estimular o respeito à neurodiversidade dentro e fora da escola. O projeto iniciou com sensibilização por meio de vídeos e um documentário nacional (Em um mundo interior, 2018), além de pesquisa e posteriormente a construção de cartazes para concretizar o conhecimento adquirido. Também organizaram uma Roda de Conversa intitulada: Autismo:vamos falar sobre isso? que aconteceu no pátio da escola para toda a comunidade acadêmica, mediada por uma psicóloga especializada em Análise Aplicada do Comportamento em TEA, Tábata Larissa Messias, no dia 3 de abril, nos períodos vespertino e noturno. A profissional respondeu às perguntas feitas por alunos, professores e funcionários, colocadas nas caixas tira-dúvidas antes do dia 3 de abril. O protagonismo juvenil é uma prática educativa em que os alunos participam do processo de aprendizagem de forma ativa. Além disso, a consciência é o que nos ajuda a incluir e só se chega a ela por meio do conhecimento. Na escola é possível construirmos uma cultura da inclusão, do respeito e da empatia.

Instagram do projeto: https://www.instagram.com/projeto2deabril/

Oficina de Artes

Dia dedicado ao desenvolvimento de atividades culturais para os alunos do Cotil. O evento ocorre uma vez ao ano e é organizado pelo Departamento de Humanas, sob a responsabilidade do professor de Artes.

Cotil Musical

O evento valoriza a diversidade musical e destaca a habilidade dos alunos na produção musical, individual e em grupos/ bandas. Os alunos interessados enviam suas composições, nas modalidades Interpretação solo | Instrumental | Bandas, em português ou em outro idioma para uma pré-seletiva. A comissão avalia e há uma premiação por modalidade.

Cotil Literário

Concurso envolvendo tema e subtemas nas modalidades prosa e verso, com a participação de alunos e professores do Cotil. São expostos os melhores trabalhos de cada modalidade.

Cotil Arte

É um evento artístico-cultural coordenado pelo Departamento de Humanas do Colégio Técnico de Limeira – COTIL - UNICAMP, desde 1996. Atualmente, o evento envolve cerca de 1.500 alunos, em diversas modalidades, com exposição de trabalhos no campus I de Limeira e apresentação dos finalistas de composição musical, esquete e performance músico-corporal no Teatro Municipal de Limeira, oportunidade em que acontece a premiação dos melhores trabalhos.

Conheça um pouco mais do Histórico do Cotil Arte

Devido à sua importância, foi incluído no calendário cultural oficial de Limeira, por lei aprovada pela Câmara Municipal, de autoria do vereador Prof. Farid Zaine.

Desde a primeira edição, o COTIL ARTE tem se notabilizado pelo envolvimento com a comunidade interna e externa, constituindo-se num evento de repercussão em nossa cidade, na Unicamp e também na região. Sua realização extrapola a mera apresentação do evento em si, tendo um caráter pedagógico, seja no desenvolvimento e aprimoramento de habilidades artísticas, seja no fomento à pesquisa de temas complementares à formação técnico-acadêmica de nossos alunos, para a consolidação dos valores defendidos por esta instituição de ensino.

Assista uma reportagem que expõe os objetivo do Cotil Arte.